sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Papa rumo à Turquia: ecumenismo e diálogo inter-religioso



O Papa embarcou na manhã desta sexta-feira (28/11) rumo à sua sexta viagem internacional, a segunda em três dias.

Francisco é o quarto Pontífice a visitar a Turquia e a motivação desta sua viagem apostólica é, sobretudo, ecumênica.

Após a chegada a Ancara, Francisco começa a sua visita no Mausoléu de Atatürk, fundador da República da Turquia, seguindo-se a cerimônia de boas-vindas no Palácio Presidencial, a visita de cortesia ao Presidente Tayyip Erdogan e encontros institucionais com as autoridades do país.

Ainda nesta sexta, o Papa vai se reunir com o Primeiro-Ministro turco, Ahmet Davutoglu, e com o Presidente do Diyanet, o Departamento para os Assuntos Religiosos, Prof. Mehmet Gormez. Trata-se da mais alta autoridade religiosa islâmica sunita na Turquia. Não obstante 98% da população seja muçulmana, a Turquia é um Estado laico.

Santo do Dia: São Tiago de Marca



Quem foi São Tiago de Marca? Tiago da Marca nasceu no ano 1391 numa aldeia da Marca de Ancona, Itália. Recebeu no Batismo o nome de Domingos. Tendo morrido seu pai e sua mãe, ficou aos cuidados de um homem rico que o encaminhou para trabalhos administrativos. Desta forma, Tiago conheceu a iniquidade do mundo, tomando a decisão de se retirar para um convento.

Virtude: Quando despertou para a vocação à vida Consagrada, Tiago pensou em entrar para os Cartuxos, mas ao viajar para Babiena, na Toscana, ficou tão edificado com os diálogos que travou com os franciscanos, que resolveu entrar para a Família de São Francisco de Assis. Recebeu o hábito, tomando o nome de Tiago, no Convento de Nossa Senhora dos Anjos, perto de Assis, onde, pouco tempo depois, fez profissão.

Dormia apenas três horas por noite; e passava o restante da noite na meditação das coisas celestes. Nunca comia carne, jejuava inviolavelmente as sete quaresmas de São Francisco. Todos os dias se disciplinava com rigor. A única pena que sentia era não poder dedicar-se à pregação, único emprego que desejava na sua Ordem. Para conseguir o que tanto desejava, foi a Nossa Senhora do Loreto, celebrou a Santa Missa e, depois da consagração, a Santíssima Virgem apareceu-lhe a dizer que a sua oração tinha sido ouvida.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Santo do Dia: Nossa Senhora das Graças




Para entendermos a devoção a Nossa Senhora das Graças temos que saber quem foi Catarina de Labouré, cujo nome era Zoé e Catarina, seu nome como religiosa. 

Tudo começou quando no ano de 1830, nas vésperas da festa de São Vicente de Paulo, a jovem Noviça, por volta de onze e meia da noite, ouve três vezes o seu nome. “Catarina! Catarina! Catarina!…” Catarina assustada, senta-se no leito, e diz: “Estou te conhecendo, és meu Anjo da Guarda!” E o menino lhe diz o seguinte: “Vem a Capela, que Nossa Senhora te espera!” Catarina, teve um momento de hesitação… e disse: “Não posso, vou acordar todo mundo!”

Porém o menino a tranquilizou… “Não tenhas medo, todos estão dormindo, vem, eu te acompanho, Catarina!” Então respondeu: “Está bem, vamos.” Após terem atravessado os corredores, onde luzes se acendiam e as portas se abriam sozinhas, chegam à Capela, onde derrepente, já pela meia noite, o menino exclama. “Olha Nossa Senhora!” No mesmo instante, Catarina escuta, do lado da epístola, um ligeiro ruído como que roçagar de um vestido de seda e uma Dama muito bela, senta-se defronte do altar.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Diocese de Caicó comemora seus 75 anos

Foi nesta terça feira, dia 25 de novembro, que teve início as comemorações dos 75 anos da Diocese de Caicó, com uma Missa presidida pelo atual Bispo Dom Antônio Carlos, na Igreja Matriz de São José, em Caicó, onde está sepultado o 1º Bispo Diocesano Dom José Delgado. A Missa Solene de abertura do Jubileu foi concelebrada por mais quatro bispos de dioceses vizinhas e o clero da Diocese que está no Seridó do Rio Grande do Norte.


Para conquistar o bem da paz é preciso educar para a paz: o Papa ao Conselho da Europa



O Conselho da Europa existe há 65 anos, é composto pelos representantes da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, os representantes dos Países membros, os juízes do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos e das várias instituições que compõem o mesmo Conselho. No seu discurso o Papa começou por lembrar a crueldade da Segunda Guerra Mundial e a divisão da Europa em dois blocos que dela surgiu, como ponto de partida do projecto dos "Pais Fundadores" de reconstruir a Europa num espírito de serviço mútuo. Neste contexto, disse o Papa, o Conselho da Europa tornou-se um instrumento significativo para caminhar no tempo, para privilegiar as ações que geram  novos dinamismos na sociedade.

Papa Francisco falou a este propósito da importância de gerar a paz em todo o tempo, uma paz fundada na reconciliação. E para conquistar o bem da paz é preciso, sublinhou o Papa, educar para a paz, desterrando uma cultura do conflito que visa amedrontar o outro, marginalizar quem pensa ou vive de forma diferente. Infelizmente, reconheceu o Papa, a paz é ferida ainda muitas vezes em muitas partes do mundo, onde enfurecem conflitos de diverso género, mas também na Europa, onde não cessam as tensões; a paz é posta à prova também por outras formas de conflito, como o terrorismo religioso e internacional que nutre profundo desprezo pela vida humana e ceifa, de forma indiscriminada, vítimas inocentes.

Santo do Dia; São Leonardo de Porto Maurício



Quem foi São Leonardo do Porto? Leonardo nasceu em Porto Maurício, perto de Gênova, Itália, a 20 de dezembro de 1676. Aconteceu que Leonardo perdeu muito cedo sua mãe, tendo sido criado e educado pelo seu tio. Encontrou cedo sua vocação ao Sacerdócio, por isso, ao renunciar a si mesmo, foi para Roma formar-se no Colégio da Companhia de Jesus. Por causa da sua inocência e sólida virtude, conquistou a simpatia e a alta consideração de seus superiores, que nele viam outro angélico Luís Gonzaga. Entrou para a Ordem Franciscana, no Convento de São Boaventura, e com 26 anos já era Padre.

Virtude: Começou a vivenciar toda a riqueza do Evangelho e a radicalidade típica dos imitadores de Francisco, por isso ocupou posições cada vez maiores no serviço à Ordem, à Igreja e para com todos. Devoto da Virgem Maria, que lhe salvou a vida num tempo de incurável doença (tuberculose), São Leonardo de Porto Maurício era devotíssimo do Sagrado Coração de Jesus na forma da adoração ao Jesus Eucarístico.

Foi, no século XVIII, o grande apóstolo do santo exercício da Via-Sacra. Era um grande amante da pobreza radical e franciscana. Toda a vida, penitências e orações de São Leonardo convergiam para a salvação das almas. Era tal a unção, a caridade ardente e o entusiasmo que repassava em suas pregações, que o célebre orador Bapherini, encanecido já no exercício da palavra, sendo enviado por Clemente XII a ouvir os sermões de Leonardo para depois o informar a este respeito, desempenhou-se da sua missão dizendo “que nunca ouvira pregador mais arrebatador, que o efeito de seus discursos era irresistível, que ele próprio não pudera reter as lágrimas”. São Leonardo era digno sucessor de Santo Antônio de Lisboa, de São Bernardino de Sena e de São João Capistrano.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Santo do Dia: Santa Catarina de Alexandria


Quem foi Santa Catarina de Alexandria? Catarina nasceu em Alexandria, seu pai, diz a lenda, era Costes, rei de Alexandria. Ela própria era, aos 17 anos, a mais bonita e a mais sábia das jovens de todo o império; esta sabedoria levou-a a ser muitas vezes invocada pelos estudantes. Anunciou que desejava casar-se, contanto que fosse com um príncipe tão belo e tão sábio como ela. Esta segunda condição embargou que se apresentasse qualquer pretendente.

Virtude: “Será a Virgem Maria que te procurará o noivo sonhado”, disse-lhe o ermitão Ananias, que tinha revelações. Maria aparece, de fato, a Catarina na noite seguinte, trazendo o Menino Jesus pela mão. “Gostas tu d’Ele?”, perguntou Maria. -”Oh, sim”. -”E tu, Jesus, gostas dela?” -”Não gosto, é muito feia”. Catarina foi logo ter com Ananias: “Ele acha que sou feia”, disse chorando. -”Não é o teu corpo, é a tua alma orgulhosa que Lhe desagrada”, respondeu o eremita. Este instruiu-a sobre as verdades da fé, batizou-a e tornou-a humilde; depois disto, tendo-a Jesus encontrado bela, a Virgem Santíssima meteu aos dois o anel no dedo; foi isto que se ficou chamando desde então o “casamento místico de Santa Catarina”.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Superiora Geral da Congregação das Irmãs dos Pobres no Seridó


A Superiora Geral da Congregação das Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena, Madre Maria do Socorro Fortes, natural de União (PI), e residente em Roma, na Casa Mãe, está na Diocese de Caicó, realizando a Visita Canônica nas casas de Jardim do Seridó e Parelhas.
Madre Fortes chegou na sexta feira (21) em Jardim do Seridó e, em Parelhas neste domingo (23).

A Congregação das Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena foi fundada pela Beata Savina Petrilli, natural de Siena, sendo aprovada em 17 de junho de 1906.

Sucessivamente Madre Savina toma o voto de “não negar voluntariamente ao Senhor”, o voto de “perfeita obediência” e ao  Diretor Espiritual o voto de “não lamentar-se deliberadamente de nenhum sofrimento externo e interno” e o voto de “completo abandono ao vontade do Senhor”.

Na Diocese de Caicó as Irmãs dos Pobres têm duas casas uma na cidade de Jardim do Seridó, a primeira a ser fundada, e, a segunda em Parelhas.

Confira algumas fotos abaixo:

Santo do Dia: Santo André Dung-Lac e companheiros



Quem foi Santo André Dung-Lac e companheiros? A evangelização do Vietnã começou no século XVI, através de missionários europeus de diversas ordens e congregações religiosas.

Virtude: São quatro séculos de perseguições sangrentas que levaram ao martírio milhares de cristãos massacrados nas montanhas, florestas e em regiões insalubres. Enfim, em todos os lugares onde buscaram refúgio. Eram bispos, sacerdotes e leigos de diversas idades e condições sociais, na maioria pais e mães de família e alguns deles catequistas, seminaristas ou militares.

Hoje homenageamos um grupo de cento e dezessete mártires vietnamitas, beatificados no ano jubilar de 1900, pelo Papa Leão XIII. A maioria viveu e pregou entre os anos 1830 e 1870. Dentre eles muito se destacou o padre dominicano André Dung-Lac, tomado como exemplo maior dessas sementes da Igreja católica vietnamita.

domingo, 23 de novembro de 2014

Apesar do sobrevoo papal, perseguição aos cristãos da China continua




Embora tenha ido à Coreia do Sul, o Papa Francisco transmitiu via rádio uma mensagem a Xi Jinping, líder do Partido Comunista Chinês. “Entrando no espaço aéreo chinês, ofereço as minhas melhores saudações a sua excelência e a todos os seus concidadãos e invoco a bênção divina da paz”.

O fato de que a China tenha permitido que sobrevoasse seu território surpreendeu a todos. A última vez que foi feito um pedido deste tipo, em 1989, Pequim havia recusado. O avião, que também se dirigia à Coreia do Sul durante a viagem de João Paulo II, foi forçado a evitar a China em seu trajeto, fazendo um desvio longo ao norte, pela Sibéria.

Hesitaria em dizer que este gesto seria uma “abertura diplomática à Santa Sé”.

É inquestionável que o Papa Francisco, como os seus predecessores, estejam ansiosos para visitar os 12 milhões ou mais de católicos perseguidos que vivem na China. Na viagem de retorno, Francisco disse claramente aos jornalistas que iria à China “amanhã”, se Pequim aprovasse a sua visita.

A aproximação e a ternura são as regras da vida para nós



O Papa Francisco celebrou esta manhã às 10h30 de Roma na Praça de São Pedro a Santa Missa por ocasião da solenidade de Cristo Rei do Universo e durante a qual procedeu a canonização dos seguintes Beatos: Giovanni Antonio Farina (italiano), Kuriakose Elias Chavara (Indiano) da Sagrada Família; Ludovico Casoria italiano; Nicola Longobardi, italiano; Eufrasia Eluvathingal do sagrado Coração, indiana e Amato Ronconi, italiano.

Na homilia o Papa Francisco evidenciou o fato que as leituras deste domingo de Cristo Rei mostram claramente que o reino de Jesus é um reino de verdade e de vida, reino de santidade e de graça, reino de justiça, de amor e de paz. As leitura mostram-nos por conseguinte, a maneira como Jesus realizou o seu reino, como o realiza no decurso da história e o que é que pede a cada um de nós hoje na realização do Reino de Deus no mundo.

Jesus é realmente o Grande Pastor cuja atitude em relação às suas ovelhas consistiu sempre em : procurar, reunir, conduzir, fazer repousar, procurar a ovelha perdida e curar a ovelha ferida, a ovelha doente, curar e apascentar sempre. Por conseguinte, todos aqueles que na Igreja são chamados a ser pastores, não podem destacar-se deste modelo, se, disse o Papa “não queremos transformarmo-nos em mercenários”.

Evangelho do Domingo de Cristo Rei do Universo




Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 25,31-46

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
31Quando o Filho do Homem vier em sua glória,
acompanhado de todos os anjos,
então se assentará em seu trono glorioso.
32Todos os povos da terra serão reunidos diante dele,
e ele separará uns dos outros,
assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos.
33E colocará as ovelhas à sua direita
e os cabritos à sua esquerda.
34Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita:
`Vinde benditos de meu Pai!
Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou
desde a criação do mundo!
35Pois eu estava com fome e me destes de comer;
eu estava com sede e me destes de beber;
eu era estrangeiro e me recebestes em casa;
36eu estava nu e me vestistes;
eu estava doente e cuidastes de mim;
eu estava na prisão e fostes me visitar'.

sábado, 22 de novembro de 2014

Diocese de Caicó se despede do Monsenhor Ônio Caldas de Amorim




Foi nesta madrugada de sábado (22) de novembro que o Monsenhor Ônio Caldas de Amorim partiu para a Casa do Pai do Céu, com 86 anos. Monsenhor Ônio nasceu em Bananeiras/PB e sua ordenação sacerdotal aconteceu na cidade de Jardim do Seridó no dia 16 agosto de 1953. Foi vigário de cidades como São João Batista em Cerro Corá e vigário paroquial de Sant’Ana e Imaculada Conceição em Currais Novos, além de acompanhar as cidades de Lagoa Nova e Cerro Corá.

O Sepultamento do Monsenhor Ônio Caldas está confirmado para às 16h na Igreja Matriz de Sant'Ana na cidade de Currais Novos.

Santo do dia: Santa Cecília





Quem foi Santa Cecília? Viveu no terceiro século. Pertencia a uma família nobre e casou-se contra sua vontade com Valeriano.

Virtude: Cecília convenceu o seu marido a respeitar o convenceu a respeitar sua virgindade e ele se converteu ao cristianismo. Valeriano e o irmão de Cecília, Tibúrcio foram presos e seu corpos martirizados. Eles foram decapitados no vilarejo de Pagus Tropius perto de Roma.

Morte: Quando estava enterrando os dois, Cecilia foi presa e julgada por Almachius, que a condenou à morte por asfixia, presa em uma sala de banho turco totalmente lacrada.

Curiosidade sobre Santa Cecília: É a padroeira dos músicos porque diz a tradição que, quando foi colocada para morrer asfixiada na câmara de banho turco, não parava de cantar músicas de louvor ao Senhor e depois de longo tempo, os seus executores ficaram furiosos e mandaram que ela fosse degolada.

O soldado encarregado de cortar sua cabeça falhou de maneira inexplicável. Cecília viveu por três dias antes de morrer pelos seus ferimentos em 16 de setembro. Ela foi enterrada no cemitério de São Callistus.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Santo do Dia: Nossa Senhora da Apresentação



Hoje a Igreja Católica celebra o dia da Apresentação de Nossa Senhora. Não se tem relatos desse momento nas Sagradas Escrituras, mas em evangelhos apócrifos, em particular no Protoevangelho de são Tiago, que a Igreja Católica não considera inspirado por Deus.

Mas, essa celebração é muito antiga. Era celebrada já no século VI em Jerusalém, e a Igreja do Oriente, que acolheu e conservou zelosamente as tradicionais festas marianas, reserva à apresentação de Maria uma memória particular, como um dos mistérios da vida daquela que Deus escolheu para Mãe de seu Unigênito.

A Igreja do Ocidente, ao manter essa festividade também com a reforma do calendário litúrgico, entendeu praticar um gesto “ecumênico”.

Na Liturgia das Horas, lê-se: “Neste dia da solene consagração da igreja de Santa Maria Nova, construída junto ao templo de Jerusalém, celebramos com os cristãos do Oriente aquela consagração que Maria fez a Deus de si mesma desde a infância, movida pelo Espírito Santo, de cuja graça ficara plena na sua imaculada conceição”.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Santo do Dia: Santo Edmundo



Quem foi Santo Edmundo? De sua origem não se tem quase informações. Sabe-se apenas que Edmundo era cristão, filho do rei Alkmund, da Saxônia, que, posteriormente, teria sido adotado pelo rei das regiões da Inglaterra oriental, a Estanglia, mas, que é muito venerado na Inglaterra.

Virtude: Aos quatorze anos de idade, tornou-se o último rei daquele território. Era um tempo duríssimo para toda a Inglaterra, agredida, constantemente, pelos sanguinários bárbaros dinamarqueses que invadiam a saqueavam seus vilarejos. Esses bárbaros eram comandados por três irmãos: Halfdene, Ivarr e Ubba. Em suas investidas, além de saquear os povoados, exigiam um resgate para não destruírem as vilas.

No ano de 869, os dinamarqueses irromperam uma grande invasão nos domínios do rei Edmundo. Para defender seu povo e o reino, ele reuniu seu pequeno exército e combateu os invasores, mais equipados e em maior número. Desse modo, ele acabou como prisioneiro de seus opositores.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Parlamento Europeu e Turquia – viagens do Papa apresentadas pelo Padre Lombardi



Na próxima semana o Papa Francisco realizará duas importantes viagens internacionais. No dia 25 de novembro visitará o Parlamento Europeu, em Estrasburgo na França, e de 28 a 30, realizará uma viagem apostólica à Turquia, onde, entre outros compromissos, encontrará o Patriarca Ecuménico de Constantinopla, Bartolomeu I. As duas viagens foram apresentadas na passada segunda-feira pelo Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, num encontro com os jornalistas.

São duas viagens com características diferentes, mas semelhantes na rápida preparação. A viagem a Estrasburgo, a quinta viagem internacional de Francisco, foi organizada logo após a renovação do Parlamento Europeu, e portanto, coincidindo com uma assembleia parlamentar. A sucessiva viagem à Turquia, por sua vez, a sexta internacional do pontificado, realiza-se após as eleições e a formação de um novo governo, mas sobretudo por ocasião da data de 30 de novembro, Festa de Santo André e grande festa do Patriarcado Ecuménico. Portanto, “a data certa” - precisa Padre Lombardi – para aceitar o convite do Patriarca Ecuménico Bartolomeu I.

Santo do Dia: São Roque Gonzales



Quem foi São Roque Gonzales? Roque Gonzales tem esse nome em homanagem ao Padre Roque Gonzales de Santa Cruz e João Del Castilhos, ambos mártires das Missões.
Roque Gonzalez nasceu em Assunção, Paraguai, em 1576. Seus pais eram espanhóis. Mostrava tanta bondade e devoção na adolescência que todos estavam convencidos que um dia abraçaria a vocação sacerdotal, o que deu-se quando completou 23 anos de Idade.

Virtude: Já nos primeiros anos de sacerdócio dedicou-se zelosamente pela evangelização indígena, de forma que, diária e continuamente,  visitava os povoados mais distantes para catequizar os índios.

Ao completar 33 anos decidiu entrar na Companhia de Jesus, pois sentiu-se fortemente impulsionado a trabalhar como missionário.  Os padres jesuítas haviam fundado no Paraguai algumas colônias de indígenas que se fizeram muito famosas em todo mundo. As chamaram "Reduções", que se diferenciavam das tribos de outros países, pela exemplar organização em aplicar os meios adequados de evangelização católica, dentro de uma estrutura que ampliava a educação e as necessidades cotidianas dos indígenas sob sua tutela espiritual. Os padres Jesuítas os tratavam como verdadeiros filhos de Deus, protegendo-os sua dignidade com enorme respeito e carinho.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Santo do Dia: São Odo de Cluny



Quem foi São Odo de Cluny? Conhecido também como Santo Odílio ou Santo Odilon. Nasceu em Auvergne, França em 962 era de uma de uma família aristocrática de Mercoeur. Ele entrou para o monastério de Cluny ainda jovem e em 991 foi indicado como Abade. Odo tornou-se o quinto Abade do monastério de Cluny.

Virtude: Com 54 anos no oficio, Odo trouxe outras casas para se afiliarem ao seu monastério e ficarem subordinadas as regras austeras da casa matriz e aumentou a número de fundações de 37 para 65. Ele deu grande suporte ao Abade Ricardo de Saint-Vanne para que fosse instituída a chamada Trégua de Deus (Treuga Dei) e para que ela fosse aceita em toda a França de modo que as hostilidades militares eram suspensas em certos dias como de Sexta a Segunda, no Advento e na Quaresma.

Esta medida tinha significado religioso e social visto que foi garantido santuário à aqueles que buscavam refúgio nas igrejas. São Odo efetivamente promoveu o Pactum Dei onde as pessoas e propriedades eclesiásticas eram protegidas dos ataques durante as várias hostilidades e guerras na Europa.

Em 998 (ou em 1031 de acordo com outras fontes) ele ordenou todas as casas de sua ordem a celebrarem no dia 2 de novembro, o dia da memória e de oração aos mortos e que ficou sendo o dia de Finados. Esse costume se alastrou em toda a Igreja Ocidental.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Como o Mal pode trazer o bem?



Na Palavra do Senhor, na Carta aos Romanos 8, 28 você vai encontrar o Apóstolo Paulo dizendo: “tudo concorre para o bem dos que amam a Deus”.
Mas, o que significa isso? Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus? Sim, tudo.

Quer dizer que a morte de alguém que eu amo, a traição, a acusação, a enfermidade, etc. Tudo isso concorre para o bem?

A Palavra do Senhor confirma que sim. Por que? Pelo fato de Deus ser capaz de um mal tirar um bem. Quando Deus permite um mal na nossa vida, embora não tenha sido ele o responsável por isso, no sentido de dizer que foi dado por ele, ou desejado, isso, foi permitido. E, essa situação pode fazer com que nos transformemos, aprendendo e tirando lições importantes do mal que está nos atingindo. Podemos mudar comportamentos, pensamentos, ideias que nos fizeram cair em determinadas situações, ou, mesmo que não tenhamos sido diretamente responsáveis, mas, podemos aprender a superar qualquer situação trágica, com Fé naquele que nos garante que tudo concorre para o bem dos que o amam.

Santo do Dia: Santa Isabel da Hungria



Quem foi Santa Isabel da Hungria? Isabel era filha de André, rei da Hungria, e de Gertrudes, nobre dama de Merano, queimou etapas atingindo a santidade em 24 anos, no decurso dos quais experimentou alegrias e dores com o ânimo de quem está sempre agradecida a Deus.

Noiva aos 4 anos, esposa aos 14, mãe aos 15 e viúva aos 20 anos, quando o marido, Luís IV, duque da Turíngia, morreu em Otranto, à espera de embarcar com Frederico II para a cruzada na Terra Santa. O seu matrimônio fora combinado, como ocorria entre as casas reinantes da Europa.

Virtude: Foi entretanto um matrimônio feliz sob todos os aspectos, a ponto de fazer exclamar a jovem esposa, com toda a sinceridade: “Se eu amo tanto uma criatura mortal, quanto não deverei amar ao Senhor!”. Amou a Deus com toda a alma, amou-o no próximo, destinando riquezas materiais e espirituais ao alívio dos infelizes.

Teve três filhos, Hermano, Sofia e Gertrudes, em seis anos de vida conjugal. À morte do marido, Isabel retirou-se para Eisenach, depois para o castelo de Pottenstein e, finalmente, escolheu como residência uma modesta casa de Marburgo, onde erigiu, às próprias expensas, um hospital, reduzindo-se à pobreza. Vendeu até o dote para completar a obra. Para os pobres sempre havia lugar no hospital, e Isabel reservava para si os trabalhos mais humildes.

domingo, 16 de novembro de 2014

Evangelho do 33º Domingo do Tempo Comum




Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 25,14-30


Naquele tempo,
Jesus contou esta parábola a seus discípulos:
14Um homem ia viajar para o estrangeiro.
Chamou seus empregados e lhes entregou seus bens.
15A um deu cinco talentos,
a outro deu dois e ao terceiro, um;
a cada qual de acordo com a sua capacidade.
Em seguida viajou.
16O empregado que havia recebido cinco talentos
saiu logo,
trabalhou com eles, e lucrou outros cinco.
17Do mesmo modo, o que havia recebido dois
lucrou outros dois.
18Mas aquele que havia recebido um só,
saiu, cavou um buraco na terra,
e escondeu o dinheiro do seu patrão.
19Depois de muito tempo, o patrão voltou
e foi acertar contas com os empregados.

sábado, 15 de novembro de 2014

Santo do Dia: São Leopoldo



Quem foi São Leopoldo III? São Leopoldo III Pertencia à casa real de Bagengerg, da Áustria, que há muitos séculos descendia dos de imperadores de Augsburg e dos grãos duques de Lorena. Nascido em Melk no ano de 1073, foi batizado com o nome de seu pai.

Virtude: Leopoldo III foi um exemplo de rei, cristão, esposo e pai. Em 1096, sucedeu a seu pai, como Leopoldo III, e assumiu o reino quando o país começava a ser uma grande potência européia. Casou-se com a irmã do rei Henrique V da Alemanha, a princesa Inês, que era viúva e tinha três filhos. Com Leopoldo teve mais dezoito filhos, os quais, uma vez crescidos, povoaram conventos, mosteiros e episcopados como uma verdadeira semeadura de virtude cristã. Dele floresceram para a Igreja dois relevantes servidores, os santos Conrado, bispo de Salzburg, e Oto, bispo de Freising.

A sua vida privada foi similar e digna dos ascetas, por isso era chamado de "o Pio". Os quarenta anos do seu reinado foram justos e prósperos, apesar de ter guerreado contra os húngaros, os quais conseguiu expulsar. Sob seu comando, a cidade de Viena converteu-se em sede da Corte e em porto de grande importância. Ganhou o amor e o respeito do seu povo como governante hábil, firme, honrado, e caridoso, que o apelidou carinhosamente de "pai dos pobres".

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Vaticano instala chuveiros para moradores de rua na Praça São Pedro



Os moradores de rua que vivem nos arredores do Vaticano poderão contar, nos próximos dias, com mais serviços.A partir de segunda-feira, 17 de novembro, terá início a reforma dos banheiros químicos posicionados sob o “colonato” da Basílica, destinados aos turistas. Três deles serão dotados de chuveiro.

A decisão foi tomada depois que o Elemosineiro do Papa, Dom Konrad Krajewski, convidou um morador de rua para jantar num restaurante no início de outubro. O convidado era um senhor italiano da ilha da Sardenha, chamado Franco, que naquele dia completava 50 anos. Franco respondeu ao Bispo polonês: “Não posso ir ao restaurante porque estou mal cheiroso. Aqui ninguém morre de fome. Mas não há banheiros onde possamos nos lavar”.

Dom  Krajewski agiu imediatamente e decidiu reformar os banheiros usados pelos turistas. E não só: convidou as paróquias romanas mais frequentadas por moradores de rua a fazerem o mesmo. O bispo tem até mesmo a resposta pronta para quem se incomodar em ver os “barboni”  - como são chamados na Itália – sob as imponentes colunas de Bernini, um dos locais mais visitados do mundo: “A Basílica existe para custodiar o Corpo de Cristo e nos pobres nós servimos o corpo sofredor de Jesus. Desde de sempre, na história de Roma, os pobres se reúnem em volta das basílicas”.

O Elemosineiro do Papa, todavia, não aceitou a resposta de Franco, e o levou para jantar num restaurante chinês das redondezas.

Do Site da Rádio Vaticano