terça-feira, 21 de outubro de 2014

Santo do Dia: Santa Úrsula


Quem foi Santa Úrsula? Úrsula nasceu no ano 362, filha dos reis da Cornúbia, na Inglaterra. A fama de sua beleza se espalhou e ela passou a ser desejada por vários pretendentes (embora Úrsula tenha feito um voto secreto de consagração total a Deus). Seu pai acabou aceitando a proposta de casamento feita pelo duque Conanus, um general de exército pagão, seu aliado.


Virtude: Educada na fé cristã,  Úrsula ficou muito triste ao saber que seu pretendente era pagão. Quis recusar a proposta mas, conforme costume da época, deveria acatar a decisão de seu pai. Pediu, então, um período de três anos para se preparar. Ela esperava converter o general Conanus durante esse tempo, ou então, encontrar um meio de evitar o casamento. Mas não conseguiu nem uma coisa, nem outra.

Conforme o combinado, ela partiu para as núpcias, viajando de navio, acompanhada de onze jovens, virgens como ela, que iriam se casar com onze soldados do duque Conanus. Há lendas e tradições que falam em onze mil virgens, ao invés de onze apenas. Mas outros escritos da época e pesquisas arqueológicas revelaram que foram mesmo onze meninas.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

CATÓLICOS: NEM DE VEZ EM QUANDO E NEM DE QUALQUER JEITO!

Gostaria de propor a leitura de um texto escrito pelo Pe. Rômulo Azevedo intitulado: CATÓLICOS: NEM DE VEZ EM QUANDO E NEM DE QUALQUER JEITO! 

Pe. Rômulo é pároco em Santana do Seridó, na Diocese de Caicó, interior do Rio Grande do Norte, que a partir de fevereiro assumirá o pastoreio da Paróquia de São Sebastião na cidade de Parelhas.
Uma boa leitura!

CATÓLICOS: NEM DE VEZ EM QUANDO E NEM DE QUALQUER JEITO! 

Por Pe. Rômulo Azevedo

Uma coisa interessante! Uma boa parte do Povo de Deus hoje, podemos dizer, a Igreja que conhecemos e somos, é parte de nossa época. Não entendo como é  que pessoas vivem com saudade de coisas que não viveram. Explico-me! Como é que uma criança que já viveu a época da TV à cores – e nunca viu uma em preto e branco – pode ter saudades daquela que não conheceu ou conhece? Como é que alguém pode ter  saudades de um tempo que não viveu? Como é – em se falando de vida eclesial – que alguém pode ter saudades do tempo da Igreja Tridentina (com todo respeito e amor a esta) sem ter conhecido ou vivido nesta época? São coisas que realmente não dá para entender. A Igreja passou por tantos momentos bonitos e significativos nestes últimos séculos, momentos até dolorosos de libertação e crescimento. Tanto se lutou para nos tornarmos mais humanos, simples, pobres, mais próximos do Povo de Deus, mais fraternos e, até mais santos.

Paróquia de Parelhas celebra 1ª Festa de São João Paulo II


Missa de Abertura da Festa de S. J. Paulo II no local da futura capela

A Paróquia de São Sebastião na cidade de Parelhas, está celebrando a Festa de um dos mais novos santos da Igreja Católica, São João Paulo II, padroeiro dos Bairros José Clóvis e IPE. A Festa teve início ontem (19) com uma procissão saindo do Santuário de Nossa Senhora de Fátima com destino ao cruzeiro, que está no local da futura capela de São João Paulo II.

O Tríduo se prolongará até o dia 22 de outubro, quarta feria, dia do Santo, quando sairá uma procissão do Portal, na saída para Santana do Seridó com destino ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, onde será celebrada a Missa Solene.

Cristãos no Medio Oriente perseguidos perante a indiferença de muitos falou o Papa



Nesta segunda-feira, dia 20, teve lugar na Aula do Sínodo o Consistório Ordinário Público presidido pelo Papa Francisco para Causas de Canonização. Foi vontade do Santo Padre, comunicada durante o Sínodo dos Bispos, que estivessem presentes neste Consistório também os Patriarcas do Medio Oriente para informar os membros do Colégio cardinalício sobre a atual situação dos cristãos neste região.

Tomando a palavra, o Papa Francisco explicou o motivo pelo qual quis realizar este Consistório, que foi, segundo o Santo Padre, a vontade comum de resolver os conflitos com o diálogo e ajudar de todas as formas possíveis as comunidades cristãs a permanecerem na região. Disse o Papa:

“Não podemos imaginar o Médio Oriente sem os cristãos, que há dois mil anos ali confessam o nome de Jesus. Os últimos acontecimentos, principalmente no Iraque e na Síria, são muito preocupantes. Assistimos a um fenómeno de terrorismo de dimensões jamais pensadas. Muitos irmãos são perseguidos e tiveram que deixar as suas casas de modo brutal. Ao que parece, perdeu-se a consciência do valor da vida humana; é como se as pessoas não contassem mais e pudessem ser sacrificadas em nome de outros interesses. Isto acontece, infelizmente, no meio da indiferença de muitos”.

"Não transformar o pão em pedra”, para a atirar contra “os pecadores, fracos e doentes” pediu o Papa Francisco



Com a aprovação e publicação do Relatório final, concluíram-se, ontem sábado ao fim da tarde, a assembleia extraordinária do Sínodo dos Bispos sobre a família. Foi o Papa Francisco a encerrar os trabalhos com um discurso em que alertou contra atitudes de rigorismo ou de facilitismo na ação da Igreja.

A Igreja tem as portas escancaradas para receber os necessitados, os arrependidos e não só os justos ou os que pensam que são perfeitos. A Igreja não se envergonha do irmão caído e não finge que não o vê, pelo contrário, sente-se levada e quase obrigada a levantá-lo de novo.
Nesta sua único intervenção no Sínodo (após a breve saudação inicial), o Papa referiu as “tentações” que insidiavam os Padres Sinodais, a começar pela da “rigidez hostil”, ou seja, de quem se quis “fechar no que está escrito, na letra” em vez de se deixar “surpreender por Deus”.

Desde o tempo de Jesus, é a tentação dos zelosos, dos escrupulosos, dos cuidadosos e dos hoje chamados tradicionalistas e também dos intelectualistas.

São Pedro de Alcântara

Quem foi São Pedro de Alcântara? Pedro de Alcântar era espanhol de nascimento, destacou-se desde muito cedo pela extrema humildade.  Seu pai desejava que fosse advogado, mas Pedro preferiu a carreira religiosa, ingressando na Ordem dos Frades Menores, os franciscanos.

Virtude: Sua dedicação à ordem era tal que com apenas 20 anos recebeu o cargo de superior do convento de Badajoz.  Dono de uma simplicidade impressionante, usava um velho hábito, andava descalço e carregava consigo somente uma Bíblia e um cajado.  Após alguns anos, foi eleito provincial da ordem, mantendo, porém, a penitência e jejuns rigorosos.  Por seu empenho, conseguiu do Papa Paulo IV a autorização para organizar, na Espanha, uma nova província de sua ordem religiosa.

O franciscano despertou o interesse de muitos poderosos, como o imperador espanhol Carlos V e o rei de Portugal, além de grandes companheiros de fé como São Francisco de Bórgia e Santa Teresa D'ávila, de quem foi diretor espiritual.

Morte: Pedro morreu no dia 8 de outubro de 1562 em Arenas de San Pedro.


domingo, 19 de outubro de 2014

Juventude Missionária realiza Missão em Lagoa Nova/RN



Missa com a Juventude Missionária


A Juventude Missionária da Diocese de Caicó/RN está realizando a sua 1ª Missão a nível de diocese. O evento acontece na cidade de Lagoa Nova/RN.

Grupos da JM das cidades de Caicó, Jardim do Seridó, Parelhas e Lagoa Nova, chegaram na cidade serrana, neste sábado (18) por volta das 17h30, e celebraram a Santa Missa, seguida de jantar nas residências onde os jovens estão acolhidos e, a noite cultural, que foi uma Festa à Fantasia, que teve como intuito a integração entre os jovens de várias cidades e paróquias da Diocese do Seridó, que pertencem a Juventude Missionária.

Neste domingo (19) os jovens acordaram muito cedo e após um momento de oração, caíram em campo visitando as residências e instituições da cidade de Lagoa Nova para o trabalho de evangelização.

Festa à Fantasia da JM


Prontos para a Missão