sábado, 23 de agosto de 2014

Santo do Dia: Santa Rosa de Lima

Quem foi Santa Rosa de Lima? Isabel Flores y de Oliva nasceu na cidade de Lima, capital do Peru, no dia 20 de abril de 1586. A décima dos treze filhos de Gaspar Flores e Maria de Oliva. À medida que crescia com o rosto rosado e belo, recebeu dos familiares o apelido de Rosa, como ficou conhecida. Seus pais eram ricos espanhóis que se haviam mudado para a próspera colônia do Peru, mas os negócios declinaram e eles ficaram na miséria.

Virtude: Rosa sempre foi uma pessoa voltada para a oração e à meditação, sendo dotada de dons especiais de profecia. Já adolescente, enquanto rezava diante da imagem da Virgem Maria, decidiu entregar sua vida somente a Cristo. Apesar dos apelos da família, que contava com sua ajuda para o sustento, ela ingressou na Ordem Terceira Dominicana, tomando como exemplo de vida santa Catarina de Sena. Dedicou-se, então, ao jejum, às severas penitências e à oração contemplativa, aumentando seus dons de profecia e prodígios. E, para perder a vaidade, cortou os cabelos e engrossou as mãos, trabalhando na lavoura com os pais.

Com vinte anos, pediu e obteve licença para os votos religiosos em casa e não no convento, como terciária dominicana. Assim vestiu o hábito e se consagrou, mudou o nome para Rosa e acrescentou Santa Maria, por causa de sua grande devoção à Virgem Maria, passando a ser chamada Rosa de Santa Maria.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Papa Francisco recebe o Cardeal Filoni após o seu regresso do Iraque

Foi nesta manhã de quinta-feira (21) que o Papa Francisco se encontrou com o Cardeal Fernando Filoni, que regressou do Iraque nesta quarta-feira. O purpurado permaneceu uma semana no país para levar a solidariedade concreta do Papa aos refugiados iraquianos, expulsos de suas casas pela violência jihadista. Eis o que o Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos falou aos microfones da Rádio Vaticano sobre o encontro:
  
“Foi muito bonito, pois o Papa quis acolher-me logo após o meu regresso - o que demonstra a sua sensibilidade – para saber diretamente de mim aquilo que vi e aquilo que senti após ter visitado os nossos cristãos, os yazidi, nesta semana em que estive no Iraque. Portanto, ele estava muito atento. O Papa preferiu a escuta; deixou-me falar longamente e obviamente sentiu toda a situação da qual lhe falei: as expectativas dos nossos cristãos, as preocupações e aquelas que são um pouco a linha da Igreja. Acolheu com prazer as linhas que foram adoptadas por parte da Igreja local. Posso dizer que o encontro foi bonito; o Santo Padre estava muito atento e participativo em tudo aquilo que lhe falei”.

O senhor Cardeal esteve entre estas minorias, entre os cristãos e também entre os yazidi. O problema hoje está em como ajudar estes refugiados, como deter a agressão....

Palavras do Papa: "3ª Guerra Mundial em pedaços

As palavras do Papa Francisco sobre como deter o “injusto agressor” no Iraque, pronunciadas no vôo de retorno de Seul, continuam a suscitar reflexões e confrontos, não só no âmbito eclesial. Também chamou a atenção a afirmação do Pontífice de que se estaria combatendo a “III Guerra Mundial, em pedaços”. Precisamente a partir daqui, parte a reflexão de Dom Mario Toso, Secretário do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, entrevistado pela Rádio Vaticano:

R. – O Papa Francisco expressa uma opinião bastante comum: pensando nos muitos conflitos em curso, aqui e ali, e nos diversos povos envolvidos neles, não se pode deixar de criar a ideia de que a família humana está imersa em uma parcial e potencial “Terceira Guerra Mundial”. O que deve preocupar é que, embora os limites dos conflitos pareçam circunscritos, em última análise, eles sempre representam focos dos quais podem desencadear, de um momento para outro, uma guerra global, que poderia envolver grande parte da humanidade. Conflitos semelhantes são tratados inadequadamente. Não se encontra entre aqueles que parecem estar interessados em uma solução, um desejo claro e a nítida vontade de paz e justiça. Parecem sempre prevalecer os pontos de vista particulares: jamais o bem comum da família humana, das nações ou povos de uma região. É necessário trabalhar seriamente para remover as causas que os provocam e criar as condições para a paz.

Dia de Nossa Senhora, Rainha

Hoje a Igreja Católica celebra a Festa Litúrgica da Virgem Maria, como Rainha,  instituída pelo Papa Pio XII. Celebra-se na oitava da Assunção de Nossa Senhora, para manifestar claramente a conexão que existe entre a realeza de Maria e a sua Assunção ao céu.

A Coroação de Nossa Senhora é o 5º Mistério Glorioso, onde contemplamos a Glorificação de Maria na Glória Celeste.

Na ladainha de Nossa Senhora vemos vários títulos que remetem a Glorificação Plena de Maria: Rainha dos Anjos, Rainha dos Patriarcas, Rainha dos Profetas, Rainha dos Apóstolos, Rainha dos Mártires, Rainha dos Confessores, Rainha das Virgens, Rainha de Todos os Santos, Rainha Concebida sem Pecado Original, Rainha Assunta ao Céu, Rainha do Sacratíssimo Rosário, Rainha da Família, Rainha da Paz, Rainha do Céu, entre tantos outros.

Em muitos lugares no dia 31 de maio, dia da Visitação de Nossa Senhora, se coroa a imagem da Virgem Maria, lembrando que ela é Rainha, além de Mãe de toda a humanidade.

Nossa Senhora Rainha, rogai por nós!

Santo do Dia: São Filipe Benício

Quem foi São Filipe Benício? Filipe Benício nasceu no dia 15 de agosto de 1233, no seio de uma rica família da nobreza, em Florença, Itália. Aos treze anos foi enviado com seu preceptor à Paris estudar medicina. Voltou e foi para a universidade de Pádua, onde aos dezenove anos formou-se em filosofia e medicina. Depois, durante um ano exerceu a profissão na sua cidade natal.

Virtude: Tinha devoção pela Virgem Maria e era muito religioso, também era bem formado religiosamente. Nesse períodSo de estabelecimento profissional, passou a freqüentar a igreja do mosteiro e com os religiosos aprofundou o estudo das Sagradas Escrituras. Logo suas orações frutificaram e recebeu o chamado para a vida religiosa. Filipe contou que tudo aconteceu diante do crucifixo de Jesus: uma luz veio do céu e uma voz o mandou servir o Senhor, na Ordem dos Servitas.

Foi à Monte Senário pediu admissão nos Servos de Maria, onde ingressou em 1254 como irmão leigo, destacando-se logo pela retórica. Certo dia do ano 1258 estava em companhia de um sacerdote e o prior, quando encontraram dois dominicanos no caminho. Conversaram um bom tempo e Filipe discursou com tanta desenvoltura, sabedoria e eloqüência, que nesse mesmo ano foi ordenado sacerdote.

Em 1262, foi nomeado professor de noviços e vigário assistente de Prior Geral. Por voto unânime, em 1267, foi eleito Prior Geral da Ordem dos Servitas. Quando o Papa Clemente IV morreu, no ano seguinte, Filipe foi proposto como candidato à cátedra de Pedro, mas se retirou para as montanhas, onde se ficou por algum tempo.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Cristãos do Iraque desejam a visita do Papa


Refugiados e esquecidos. Os cristãos do Iraque sentem-se abandonados por todos, ou quase todos. Um dos poucos pontos de referência que permanece é o Papa Francisco. Ele é a pessoa que está insistindo para que se acendam os refletores sobre a dificuldade deles, enquanto organismos internacionais e soldados curdos pensam em deter os extremistas do Estado Islâmico.

Uma oração pelos cristãos

Neste 20 de agosto, durante a catequese, o Papa convidou os presentes a se unirem “à oração por todos os cristãos perseguidos nomundo, particularmente no Iraque, e rezar também pelas minorias religiosas não cristãs no Iraque, também elas perseguidos” (Avvenire, 20 de agosto). Um convite que é resposta às notíciassempre mais preocupantes que circulam na imprensa nos últimos dias. Os cristãos fogem da perseguição jihadista principalmente em Mossul, Qaraqosh e Bartella.

Sofrimento e martírio

Os testemunhos recolhidos pelos jornalistas em Erbil são emblemáticos: “apenas o Papa Francisco ainda se lembra de nós: disse que virá para nos consolar, mas o mundo já nos abandonou”, sustenta Fryal Acim, professora de 43 anos, acampada há duas semanas na Igreja de São José. “Choramos e rezamos por todos os yazidis, sobretudo pelas mulheres que foram raptadas e estupradas por aqueles brutos. Mas também nós sofremos um doloroso martírio”.

Papa Francisco divulga Mensagem para o 48º Dia Mundial da Paz no dia 1º de janeiro 2015

“Não mais escravos, mas irmãos”: este é o título da Mensagem para o 48º Dia Mundial da Paz, a segunda do Papa Francisco. Geralmente pensa-se que a escravatura é um facto do passado. Na verdade, esta praga social continua muito presente no mundo de hoje.

A Mensagem para o 1º de Janeiro passado era dedicada à fraternidade: “Fraternidade, fundamento e caminho para a paz”. De facto, uma vez que todos são filhos de Deus, os seres humanos são irmãos e irmãs com uma igual dignidade. A escravatura representa um golpe de morte para uma tal fraternidade universal e, por conseguinte, para a paz. Na verdade, a paz existe quando o ser humano reconhece no outro um irmão ou irmã com a mesma dignidade.

Persistem no mundo múltiplas formas abomináveis de escravatura: o tráfico de seres humanos, o comércio dos migrantes e da prostituição, o trabalho-escravo, a exploração do ser humano por outro ser humano, a mentalidade esclavagista para com as mulheres e as crianças. Há indivíduos e grupos que se aproveitam vergonhosamente desta escravatura, tirando partido dos muitos conflitos desencadeados no mundo, do contexto de crise económica e da corrupção.

Santo do Dia: São Pio X

Quem foi São Pio X? Sobre Pio X, seu nome de batismo era José Melquior Sarto e nasceu numa pequena aldeia de Riese, na diocese de Treviso, no norte da Itália, no dia 2 de junho de 1835. 

Virtude: Desde cedo, José demonstrava ser muito inteligente e, por causa disso, seus pais fizeram grande esforço para que ele estudasse. Todos os dias, durante quatro anos, o menino caminhava com os pés descalços por quilômetros a fio, tendo no bolso apenas um pedaço de pão para o almoço. E desde criança manifestou sua vontade de ser padre.

Estava no seminário quando seu pai morreu, deixando a mãe sozinha com dez outros filhos.  José quis, então, deixar o seminário para ajudar a mãe nos trabalhos de criação dos irmãos, mas esta o impediu de abandonar sua vocação e sacrificou-se para poder garantir seus estudos, até a ordenação.

Após ordenado, José trabalhou durante 45 anos desempenhando inúmeras funções na Igreja, inclusive a de bispo de Mântua e de cardeal-patriarca de Veneza, até que foi eleito papa, passando a adotar o nome de Pio X.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Quem é mais forte? O Bem ou o Mal?


Perguntei à alguns jovens quem era mais forte, o mal ou o bem, e logo eles responderam que o bem era mais forte, então questionei: e por que o mal está vencendo?

A conversa sobre tantas situações difíceis em que nos encontramos na nossa sociedade começou com essa questão.

E perguntei quem se considerava uma pessoa boa, e todos levantaram a mão. Então, por que o mal está vencendo? Questionei.
Houve silêncio!

Com essas questões estava procurando incentivar o diálogo: será que o mal não está vencendo porque deixamos de fazer o bem? Nós que nos consideramos bons? Principalmente quando dizemos que o bem é mais forte do que o mal?

Foi o próprio Jesus que nos ensinou que não deveríamos resistir a quem é malvado, ao ponto de que, se alguém chegasse a nos bater na face direita, deveríamos oferecer a esquerda. Isso você pode conferir no evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5,39.

Santo do Dia: São Bernardo de Claraval

Que foi São Bernardo de Clairvaux ou São Bernardo Claraval?
Bernardo nasceu no castelo dos Fontaines de Dijon na França, filho de Tescelin Sorrel e Aleth de Montbard. Ele era o terceiro de uma família de sete filhos Bernardo estudou em Châtillon e com a morte de sua mãe decidiu entrar na vida religiosa.

Virtude: Foi no ano de 1112 que ele persuadiu quatro de seus irmãos e 27 parentes e amigos a entrarem para o Monastério Cisterciano de Cîteaux que tinha sido fundado em 1098 e estava sob a brilhante liderança do Abade São Stefhen Harding. Terminado o seu noviciado Bernardo foi enviado com 12 monges para fundar um monastério em Langres. Esta abadia tornou-se Clairvaux , a casa mãe das 68 abadias Cistercianas. Sua reputação com escolástico e santo se espalhou e Bernardo foi o CONSULTOR de papas e monarcas. Em 1140 São Bernardo começou a pregar e a e a fazer vários milagres e a defender a fé. O controvertido teólogo e filósofo Peter Albélard enfrentou questões de Bernardo sobre racionalismo e promoções do racionalismo humano.

Bernardo ensinou a certeza da fé e da tradicional autoridade como antídotos da heresia. Ele foi um instrumento na condenação de Abélard pelo Consílho de Sens. Em 1142 Bernardo testemunhou a coroação de um dos seus alunos como Papa Eugênio III (1145-1153) e foi o autor do tratado "De Consideratione"  onde o seu antigo aluno apontava as atitudes e os deveres de um pontífice e as dificuldades que poderia enfrentar.

Papa Francisco fala dos propósitos de sua viajem à Coreia

Após ter retornado de sua viagem à Coreia, o Padre Francisco acolheu, nesta quarta feira (20) os peregrinos na costumada audiência-geral, que teve lugar na Sala Paulo VI. Como sempre acontece depois de uma visita internacional, foi esse acontecimento o assunto comentado neste encontro com os fiéis. O Papa Francisco condensou em três palavras o significado desta viagem apostólica: memória, esperança, testemunho.

Num país que teve um notável e rápido desenvolvimento económico, os coreanos desejam manter a força herdada dos seus antepassados. Ora – observou o Papa –a Igreja desempenha também a missão de proteger a memória e a esperança:

“A Igreja cuida da memória e da esperança: é uma família espiritual em que os adultos transmitem aos jovens a chama da fé recebida dos idosos; a memória das testemunhas do passado torna-se num novo testemunho no presente e esperança para o futuro.”


Foi a esta luz, nesta perspectiva, que o Papa entendeu “ler” os dois principais acontecimentos da viagem à Coreia: a beatificação de 124 mártires e o ENCONTRO com os jovens, por ocasião da VI Jornada Asiática da Juventude.

No resumo desta alocução, lido em português nesta audiência-geral, em nome do Papa, foi recordada a origem da Igreja neste “país onde convivem antigas culturas asiáticas e a perene novidade do Evangelho”. Ouçamos parte dessa síntese, apresentada por mons. Ferreira da Costa:

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Santo do Dia: São Luiz de Toulouse

Quem foi São Luiz de Toulouse? Luiz nasceu no ano de 1274 em Nocera e era filho de Carlos II de Anjou, Rei de Nápoles. Era sobrinho de São Luiz IX e filho de Mary da Hungria, que era sobrinha neta de Santa Elizabeth da Hungria. Apesar de em alguns textos ele ser chamado de primogênito ela era o segundo filho de Carlos II. Ele é chamado de primogênito porque ele sucedeu em direito o seu irmão Carlos Martel (falecido em 1295).

Virtude: No ano de 1288 Luiz foi enviado com dois de seus irmãos ao Reino de Aragao como reféns no lugar de seu pai que havia sido derrotado e capturado na batalha naval de Nápoles pelos Sicilianos e os Aragons em 1284. Durante os sete anos de cativeiro (1288-95) no Castelo de Siciurana, Diocese de Tarragona e Barcelona a educação dos príncipes ficou a cargo dos freis franciscanos, entre eles Ponzius Carbonelli, Peter de Falgar e Ricardo de Midleton. Pedro João Olivi, o grande Diretor Espiritual franciscano, era um dos seus amigos e em 18 de maio de 1295 escreveu a eles uma longa carta publicada pelo Ehrle no "Archiv Litt .u. Kirchengesh" III 534,40 .

Luiz superou em muito os seus irmãos pela capacidade, santidade e bondade e em 1294 se tonou um frade menor da Ordem dos Franciscanos. Ele se tornou um especialista nas Escrituras Sagradas e era um notável pastor.

Ele estava ainda cativo quando o Papa Celestino V confiou a ele em 7 de outubro de 1294 a administração do Arcebispado de Lions. Diz a tradição que ele tinha o Dom de conhecer a mente dos devotos e assim suas confissões eram notáveis obras de perdão pois conhecia de antemão os problemas do confessando.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Santo do Dia: Santa Helena

Quem foi Santa Helena? Helena foi rainha, e a mãe do primeiro imperador cristão, Constantino, o Grande..

Foi Constantino que promulgou o Edito de Milão. Graças a este decreto o cristianismo foi considerado uma religião que tinha os mesmos direitos das outras religiões. Foi o primeiro passo para que, anos mais tarde, outro imperador, Teodósio, convertido ao cristianismo, tornasse o cristianismo a religião oficial do Império Romano.

Ela nasceu em Britynia e casou-se com um general romano Constancius I Chlorus, pelos idos de 270. Constancius foi feito Cezar em 293.Logo divorciou-se de Helena e casou-se com a filha do imperador Maximiliano. Constantino tonou se imperador em 312 logo após a vitória da Ponte de Milvian e Helena foi nomeada Augusta ou Imperatriz.

Virtude: Ela se converteu para o catolicismo e fez vários atos de caridade, construiu várias templos e igrejas em Roma e na Terra Santa. Numa das suas viagens a terra santa, teria tido visões, que a ajudaram a descobrir a cruz na qual foi crucificado Jesus.

Morte: Helena faleceu pouco tempo depois de ter regressado da peregrinação, em Constantinopla, tendo sido sepultada em Roma. O seus restos estão em um sarcófago no Museu do Vaticano. Na liturgia da igreja, Santa Helena é mostrada como uma imperadora , segurando uma cruz.


É a padroeira dos pintores e fabricantes de agulhas. Ela é invocada contra o trovão e o fogo. 

domingo, 17 de agosto de 2014

Evangelho do Domingo da Assunção da Virgem Maria


Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,39-56

39Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa,
dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judéia.
40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.
41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,
a criança pulou no seu ventre
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.
42Com um grande grito, exclamou:
"Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre!"
43Como posso merecer
que a mãe do meu Senhor me venha visitar?
44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos,
a criança pulou de alegria no meu ventre.

sábado, 16 de agosto de 2014

Dom Antônio visite padres da Diocese que estão em Missão em Jim paraná

Da Esq. para a Dir. Pe. Ivanoff, Pe. Jaime, Pe. Janilson e Dom Antônio


O Bispo da Diocese de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, está em Jim paraná/RO, visitando os padres da mesma diocese que estão fazendo missão há 2 anos.

 

Pe. Janilson Alves, natural de Parelhas e Pe. Jaime Francisco da Silva, natural de Caicó, estarão voltando ao Seridó no final do ano.

 

A visita de Dom Antônio, acompanhado de Pe. Ivanoff, Vigário Episcopal, que acompanhou de perto o processo de envio dos sacerdotes, é uma forma de analisar a missão desenvolvida por ambos e ver a possibilidade de continuar esse trabalho.



Missa de Beaticação dos Mártires Coreanos reúne 800 mil pessoas


Foi neste sábado, dia 16 de agosto, na terceira jornada da sua visita à Coreia, depois da Missa celebrada de manhã, em Seul, que o Papa Francisco visitou já, de tarde, em Kkottongnae, a uns 100 Km de Seulum Centro de Recuperação de pessoas deficientes (foto final) e teve um encontro com religiosas.

O Papa tinha começado o dia com a Missa celebrada de manhã em Seul, com uns 800 mil fiéis vindos de toda a Coreia. A celebração teve lugar numa praça da cidade. Foram beatificados 124 mártires, todos eles da primeira geração de vítimas da perseguição religiosa no país.

“Os mártires ensinam-nos o caminho”, disse o Papa Francisco na homilia, em que destacou que seu legado contribuirá para promover a paz e os valores humanos na Coreia do Sul e no resto do mundo.

O Santo Padre destacou ainda o caráter leigo dos primeiros católicos da Coreia, onde, diferentemente de outros países da Ásia o Evangelho não foi introduzido pelos missionários.

Santo do Dia: São Roque

Quem foi São Roque? Roque nasceu em 1295, também conhecido como São Rock e Seemie-Rookie. Acredita-se que pode ter nascido em Montpellier, França e todos ficaram admirados com o fato dele ter uma cruz vermelha marcada no seu peito. 

Virtude: Roque dedicou sua vida a cuidar das vitimas de doenças pestilentas. De acordo com a tradição ele estava numa jornada na Itália, quando na cidade de Aquapendente encontrou quase todos com a PRAGA. Ele curou a todos com apenas um sinal da cruz nos doentes e foi para Modena, Parma e Mantua onde ele repetiu os milagres. 

Ele passou três anos em Roma rezando na tumba dos apóstolos, e no caminho de casa ele contraiu a PRAGA e não querendo ocupar uma cama no hospital foi para floresta para morrer. Mas um cão o encontrou e levou um pão para ele. No dia seguinte o dono do cão notou que este levava um pão a boca, e o seguiu, e encontrou santo. Roque acabou curado e deixando o seu benfeitor convertido. Ai passou um tempo em Piacenza curando seu povo.

Ao chegar em casa não foi reconhecido e foi preso como espião disfarçado em peregrino. Teria ficado preso por cerca de 5 anos.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

5 dicas para contribuir com um matrimônio feliz


1. Rezem um pelo outro e com o outro, pois família que reza unida, permanece unida;

2. É necessário dialogar, não permitindo que o que é negativo crie raízes, dificultando a sua eliminação;

3. Procure conquistar diariamente o outro, como eternos namorados, sempre buscando fazer o melhor para que o cônjuge possa se sentir mais e mais apaixonado.

4. Respeite a família do cônjuge para que exista paz na sua casa, mas não permita que ela controle a sua vida, nem a do seu parceiro (a);


5. Evite ir à lugares, quando não estiver com seu cônjuge, que não convém, diante de sua realidade de pessoa casada.

Encontro do Papa Francisco com jovens asiáticos

Ambiente de festa e de muita alegria no encontro do Papa com os jovens participantes na VI Jornada da Juventude Asiática, numa grande tenda predisposta junto Santuário dos mártires coreanos, em Solmoé, a uns 15 Km de Daejon. O encontro teve lugar neste dia 15 de tarde (manhã na Europa).

O Papa Francisco assistiu inicialmente a um momento de festa e reflexão que incluiu, sucessivamente, uma exibição artística por jovens indonésios, uma intervenção do bispo de Daejon, testemunhos e perguntas formuladas por alguns jovens, e um breve espectáculo "MUSICAL" sobre a parábola do Pai misericordioso.

O Santo Padre interveio na segunda parte do encontro, lendo em inglês a alocução que estava preparada, mas improvisando a partir de certa altura diferentes observações (em italiano, com tradução sucessiva em coreano). Eis um breve resumo da parte da intervençáo escrita lida pelo Papa.

Papa Francisco deteve-se inicialmente a reflectir sobre uma parte do tema destas Jornadas: «A glória dos Mártires resplandece sobre vós». “Tal como o Senhor fez resplandecer a sua glória no testemunho heróico dos mártires, do mesmo modo deseja que a sua glória resplandeça na vossa vida e, por vosso intermédio, deseja iluminar a vida deste grande Continente” – disse o Papa.

Santo do Dia: São Tarcísio

Quem foi São Tarcísio? Tarcísio era acólito do papa Xisto II, ou seja, era coroinha na igreja, servindo ao altar nos serviços secundários, acompanhando o santo papa na celebração eucarística.

Virtude: Durante o período das perseguições, os cristãos eram presos, processados e condenados a morrer pelo martírio. Nas prisões, eles desejavam receber o conforto final da eucaristia. Mas era impossível entrar. Numa das tentativas, dois diáconos, Felicíssimo e Agapito, foram identificados como cristãos e brutalmente sacrificados. O papa Xisto II queria levar o Pão sagrado a mais um grupo de mártires que esperavam a execução, mas não sabia como.

Foi quando Tarcísio pediu ao santo papa que o deixasse tentar, pois não entregaria as hóstias a nenhum pagão. Ele tinha doze anos de idade. Comovido, o papa Xisto II abençoou-o e deu-lhe uma caixinha de prata com as hóstias. Mas Tarcísio não conseguiu chegar à cadeia.

Morte: No caminho, foi identificado e, como se recusou a dizer e entregar o que portava, foi abatido e apedrejado até morrer. Depois de morto, foi revistado e nada acharam do sacramento de Cristo. Seu corpo foi recolhido por um soldado, simpatizante dos cristãos, que o levou às catacumbas, onde foi sepultado.

Essas informações são as únicas existentes sobre o pequeno acólito Tarcísio. Foi o papa Dâmaso quem mandou colocar na sua sepultura uma inscrição com a data de sua morte: 15 de agosto de 257.


Padroeiro dos Coroinhas, acólitos e de todos os que servem ao Altar.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Satanistas afirmam ter hóstia consagrada para ser profanada em missa negra nos EUA


O chefe da igreja satânica da cidade norte-americana de Oklahoma, que planeja realizar uma missa negra em um espaço público do Centro Cívico municipal no mês que vem, afirmou que a hóstia consagrada que pretende usar no ritual satânico já foi enviada a ele por um amigo.

"Estou farto de ouvir falar sobre essa hóstia consagrada", diz Adam Daniels, da organização Dakhma de Angra Mainyu, em resposta a perguntas enviadas por e-mail pela Aleteia. "Como a minha substituta já disse a outros inquisidores católicos, a Eucaristia foi enviada a nós por um amigo. Isso é tudo que eu vou dizer sobre esta consecução. A minha pergunta é: por que um pedaço de pão, sobre o qual um homem disse algumas palavras, é tão sagrado?".

Daniels, que usa o título de “dastur”, um termo equivalente a “sumo sacerdote” no zoroastrismo, confirmou que a controversa missa negra em Oklahoma será realizada conforme planejado, em 21 de setembro.

"A missa negra resumida [a partir dos rituais satânicos de Anton Lavey] vai acontecer", afirmou ele. "Depois, The Choke [uma banda local] vai se apresentar. Em seguida, Matthew Garman vai fazer um exorcismo arimânico [ou seja, satânico: trata-se de “expulsar” o Espírito Santo da pessoa “exorcizada”]. Kelsey e eu [Daniels] vamos presidir este rito. Antes de cada ritual, eu vou explicar o propósito de cada rito da fé arimânica [satânica]".

Empenho a favor da paz e da reconciliação foram palavras de Francisco na Coreia

Foi nesta quinta-feira à tarde (manhã na Europa), no Palácio presidencial de Seul, que o Papa Francisco se encontrou com as autoridades coreanas, depois do encontro de cortesia tido com a presidente Park Geun-hye.

Falando em inglês, o Santo Padre começou por recordar que esta sua visita à Coreia tem lugar por ocasião da VI Jornada Asiática da Juventude, com jovens católicos de todo o Continente e inclui também a proclamação como Beatos de alguns coreanos martirizados pela fé cristã.

Estes dois acontecimentos que celebramos completam-se um ao outro. A cultura coreana possui uma boa compreensão da dignidade e sabedoria próprias dos antigos e honra o seu papel na sociedade. Nós, católicos, honramos os nossos antigos que sofreram o martírio pela fé, porque se prontificaram a dar a vida pela verdade em que acreditaram e de acordo com a qual procuraram viver. Ensinam-nos a viver plenamente para Deus e para o bem do próximo.

Santo do Dia: São Maximiliano Kolbe

Quem foi São Maximiliano Kolbe? Maximiliano é natural de Zdunska-Wola perto de Lodz, na Polônia, e nasceu no dia 8 de janeiro de 1894.

Virtude: Entrou para a ordem dos Franciscanos e tomou os seus votos temporários em 1911. Em 1917, um ano antes de sua ordenação para o sacerdócio, Maximiliano fundou a Milícia de Maria Imaculada, em Roma, para aperfeiçoar a devoção a Virgem Maria. Em 1941, Maximiliano foi preso pela Gestapo, quando os nazistas invadiram a Polônia e foi enviado para o campo de concentração de Auschwitz.

Em agosto de 1941, ele se ofereceu para tomar o lugar de um prisioneiro casado e que tinha uma família, que seria punido como exemplo retaliatório no campo. Dez prisioneiros foram executados porque um havia escapado. Maximiliano foi voluntário para morrer em lugar o prisioneiro casado.


Morte: Entretanto, em vez de mata-lo, os guardas da SS torturam Maximiliano. Após longos e terríveis sofrimentos, que ele suportou com equanimidade e preocupação pelos colegas prisioneiros, foi lhe dado uma injeção de ácido pelos guardas da SS, que resultou no seu martírio.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Paróquia acolhe e abençoa réplica da imagem da Padroeira de Acari

Réplica da Imagem de Nossa Senhora da Guia

A Paróquia de Nossa Senhora da Guia, acolheu e abençoou, neste dia 12 de agosto de 2014, a réplica da imagem da padroeira da cidade de Acari, Nossa Senhora da Guia, dentro de suas festividades.

A réplica da Imagem de Nossa Senhora da Guia foi uma oferta da família Araújo Bezerra, na pessoa de D. Ivanilde, a pedido do Mons. Raimundo, (Pároco Emérito). A quem a Paróquia agradece.


A Imagem foi confeccionada pelo artesão Ambrósio Córdula e seus colaboradores, da cidade de Acari.

Programa da Festa 2014 com a Imagem original

CNBB é premiada com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Fotografia: Aldo Dias/TST

O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, recebeu, na tarde de segunda feira (11), em Brasília (DF), a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho 2014. A premiação, promovida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), foi concedida à Conferência pelas ações de relevância nacional desenvolvidas pela entidade, como o trabalho das Pastorais da Terra e da Criança, e pela realização da Campanha da Fraternidade 2014, que teve como tema “Fraternidade e Tráfico Humano”.

O presidente do TST, ministro Barros Levanhagen, entregou a premiação ao cardeal Damasceno e destacou que a homenagem é feita a pessoas que investiram seu tempo na defesa de temas que são "bandeiras do TST", como o combate às formas de trabalho degradante e infantil, por exemplo. "Todos os homenageados representam aquilo que a Ordem do Mérito Judiciário procurou atender, premiando pessoas que investiram seu tempo em causas maiores”, disse o magistrado.

Inicia hoje viagem apostólica do Papa Francisco à Coreia do Sul

O Papa Francisco parte nesta quarta-feira, dia 13, às 16 horas, para a sua visita à Coreia do Sul, que se concluirá na próxima segunda-feira, 16. O avião da Alitalia que transportará o Santo Padre, com os seus acompanhantes e dezenas de jornalistas de todo o mundo, sobrevoará o espaço aéreo de nove países: Croácia, Eslovénia, Áustria, Eslováquia, Polónia, Bielorrússia, Rússia, Mongólia e China. A chegada a Seul está prevista para as 10.30 de amanhã, quinta-feira, após uma viagem de onze horas e meia, percorrendo quase 9.000 Km

Motivo principal desta visita do Papa à Coreia é participar na Jornada da Juventude Asiática, que se realiza em Daejeon, uns 140 Km a sul da capital Seul. Tema deste sexto encontro continental: “Juventude asiática desperta! A glória dos mártires resplandece sobre ti!”. O Santo Padre procederá também à beatificação dos primeiros 124 mártires coreanos. Para além das autoridades do país, o Papa Francisco terá um encontro com os Bispos coreanos e outro com os Bispos do continente asiático e encontrar-se-á também com as comunidades religiosas católicas, com líderes do laicado católico, com líderes religiosos do país. Visitará também um centro de pessoas com deficiência e celebrará uma Missa pela paz e reconciliação na Coreia, na catedral de Seul.

Esta é a terceira VIAGEM INTERNACIONAL do Papa Francisco, após a que realizou ao Brasil, em julho do ano passado, para as JMJ do Rio de Janeiro, e à Terra Santa, em maio deste ano.

Santo do Dia: Santo Hipólito

Quem foi São Hipólito? Hipólito foi escritor e orador.

Virtude: Deixou numerosas obras escritas em grego, língua muito usada em Roma ao seu tempo. Pela importância, sobressai o tratado sobre a Tradição apostólica, fonte de grande valor para conhecermos os ritos litúrgicos da Igreja de Roma, no século III. A segunda Oração Eucarística, introduzida na missa pela recente reforma litúrgica, é tirada desta obra de Hipólito. Outra obra de grande relevância é a Refutação de todas as heresias (Philosophoumena). É uma exposição erudita dos antigos sistemas filosóficos, cuja doutrina mal assimilada deu origem às heresias que Hipólito refuta com competência.

Contudo, grande parte de sua fecunda produção literária, toda ela a serviço da fé e da Igreja, andou perdida, assim como sua própria memória, por muitos séculos, obscureceu-se quase por completo, de tal modo a ser confundido com o Hipólito carcereiro de São Lourenço. Só ultimamente, com a descoberta de alguma sua obra, os estudiosos conseguiram fazer luz sobre esta grande figura de escritor e de santo.


Morte: Juntamente com Ponciano (Papa), o qual também se celebra hoje, foram exilados pelo imperador Maximino para a insalubre ilha de Sardenha e condenados aos trabalhos forçados nas minas de ferro, sofrendo, assim o martírio no ano 235.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Para refletir

São João Paulo II às Famílias


"O matrimónio, que está na base da instituição familiar, é estabelecido pela aliança com que «o homem e a mulher constituem entre si a comunhão íntima de toda a vida, ordenada por sua índole natural ao bem dos cônjuges e à procriação e educação da prole» (40). Somente uma tal união pode ser reconhecida e confirmada como «matrimónio» pela sociedade. Ao contrário, não o podem ser as outras uniões interpessoais que não obedecem às condições agora recordadas, mesmo se hoje, precisamente sobre este ponto, se difundem tendências muito perigosas para o futuro da família e da própria sociedade".

(São João Paulo II  em sua Carta às famílias 
por ocasião do Ano da da Família em 1994.)

Santo do Dia: São Polcaro

Quem foi São Polcaro? Polcaro Conhecido também com  Porcaro e Porcarius. Era  Abade do Monastério Beneditino fundado por São Honorato de Arles na ilha de Lerins, Provence, França. Ele chefiava cerca de 500 monges.

Virtude: Passava parte de sua vida em contemplação, mas muitos homens e mulheres do continente vinham até a ilha em busca de seus conselhos.

Avisado em uma visão que  o monastério seria atacado ele levou dúzias de estudantes, monges e jovens irmãos para o continente de barco, ficando para traz apenas ele e 4 monges. Dias depois os Sarracenos atacaram o monastério.

Morte: Polcaro foi martirizado para renegar a sua fé, e como recusasse foi decapitado.

Os restantes monges foram levado como escravos. Isto aconteceu no ano de 732 DC.
Mais tarde suas relíquias foram recuperadas e seu túmulo se tornou local de peregrinação e vários milagres foram creditado as sua intercessão.


segunda-feira, 11 de agosto de 2014

"Tudo isto ofende gravemente Deus e a humanidade!" falou o Papa Francisco sobre o Norte do Iraque

A grave situação de violência e precariedade que se vive no norte do Iraque, assim como de novo na Faixa de Gaza, foi evocada em termos sentidos pelo Papa Francisco, neste domingo, ao meio-dia, depois da recitação do Angelus, na Praça de São Pedro.

O Papa exprimiu o sentimento de “incredulidade e consternação” que suscitam as notícias que chegam do Iraque:

Milhares de pessoas , entre os quais muitos cristãos, expulsos de maneira brutal das próprias casas, crianças morte de sede e de fome durante a fuga, mulheres sequestradas; violências de todos os tipos; destruições de patrimónios religiosos, históricos e culturais. Tudo isto ofende gravemente Deus e ofende gravemente a humanidade. Não se é odeia em nome de Deus! Não se faz guerra em nome de Deus!

Neste contexto, o Papa pediu aos milhares de presentes um momento de silêncio de recolhimento e oração, pensando naquelas pessoas que sofrem… E agradeceu os que, com coragem (disse) estão a levar socorro a estes irmãos e irmãs e declarou confiar que se restabeleça o direito:

Santo do Dia: Santa Clara de Assis

Quem foi Santa Clara? Clara era de família nobre, italiana, e nasceu no dia 16 de julho de 1194, Assis.

Virtude: Clara tinha a vida vazia até o dia em que ouviu um sermão de Francisco de Assis, na Igreja de São Giorgio.  Profundamente tocada pelos ideais de humildade e serviço do santo, Clara fugiu de casa no mesmo dia, indo refugiar-se junto a Francisco, na Capela de Porciúncula.

Lá, teve os cabelos cortados e trocou o fino vestido por uma túnica rústica.  Francisco a encaminhou a um mosteiro beneditino, ao qual, pouco tempo depois, também se juntou sua irmã, Agnes.

Anos depois, Francisco conseguiu que as duas se transferissem para a capela de São Damião e foi lá onde fundaram a primeira comunidade da Ordem das Pobres Claras, ou as clarissas, como são conhecidas.

Clara foi abadessa da ordem até o fim de sua vida.  Com total despojamento, negava-se a possuir qualquer bem material e conquistou o apreço de vários papas, sendo reconhecida como o braço feminino da luta empreendida por Francisco. 

Para Refletir

 Família de Mãos Dadas


“Em era de tanta violência, fora e dentro do lar, de tanta indelicadeza, ingratidão, ameaças e perda de valores, há costumes que devem ser preservados e incentivados. Um deles é a ternura do casal de mãos dadas. Não faz sentido que duas pessoas que se amam, caminhem sistematicamente separados, como se estranhos fossem. Era bonito, simbolizava cuidado e laços de família.e todos podiam ver. Que volte a simbolizar a unidade. Prefiro ver isso do que homens indelicados e mulheres magoadas e de rosto sombrio e enxabido, ao lado do homem que um dia foi a razão dos seus sorrisos. Pequenos gestos podem fazer a diferença”.


(Trecho do artigo Família de Mãos Dada escrito por Pe. Zezinho. Confira: http://www.padrezezinhoscj.com/wallwp/artigos_padre_zezinho/familia/familias-de-maos-dadas