sábado, 25 de outubro de 2014

Santo do Dia: São Crispim e Sâo Crispiniano




Quem são os Santos Crispim e Crispiniano? Hoje a Igreja Católica celebra o dia dos Santos Crispim e Crispiniano que eram irmãos de origem romana. Cresceram juntos e converteram-se ao cristianismo na adolescência. Ganhando a vida no oficio de sapateiro, eram muito populares, caridosos, e pregavam com ardor a fé que abraçaram. Quando a perseguição aos cristãos ficou mais insistente, os dois foram para a Gália, atual França.

Virtude: As tradições seculares contam que, durante a fuga, na noite de Natal, os irmãos Crispim e Crispiniano batiam nas portas buscando refúgio, mas ninguém os atendia. Finalmente, foram abrigados por uma pobre viúva que vivia com um filho. Agradecidos a Deus, quiseram recompensá-la fazendo um novo par de sapatos para o rapazinho.

Trabalharam rápido e deixaram o presente perto da lareira. Mas antes de partir, enquanto todos ainda dormiam, Crispim e Crispiniano rezaram pedindo amparo da Providência Divina para aquela viúva e o filho. Ao amanhecer, viram que os dois tinham desaparecido e encontraram o par de sapatos cheio de moedas.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Drama dos filhos que têm tudo... menos o amor dos seus pais



Esse é o título de um artigo que se encontra no Site Aleteia e, que gostaria de compartilhar com você neste blog. As vezes os pais acreditam que encher seus filhos de brinquedos, bens materiais e dá tudo o que eles desejam é o necessário para a sua felicidade, quando o que mais o filho deseja, é o amor dos pais. Confira esse artigo onde se mostra o trabalho de uma padre para ajudar jovens que não se sentem amados a saírem da vida de desamor:

 Drama dos filhos que têm tudo... menos o amor dos seus pais




Há histórias que descrevem do drama dos jovens que só desejam uma coisa na vida: ter um pouco do carinho e atenção dos seus pais.

Um jovem (cuja identidade foi preservada) conta que recebia tudo dos seus pais, inclusive um carro de luxo, mas, desesperado por não receber a atenção que queria deles, tentou se suicidar.

Fazer a unidade da Igreja é o dever de cada cristão, disse o Papa Francisco




Fazer a unidade na Igreja é o dever de cada cristão – esta a mensagem do Papa Francisco na manhã de sexta-feira dia 24 na Missa na Capela da Casa de Santa Marta. Guiados pelo Espírito Santo faremos a unidade da Igreja na diversidade das pessoas. Partindo da Carta de S. Paulo aos Filipenses o Santo Padre deixou claro que fazer a unidade é o trabalho da Igreja e de cada cristão:

“Fazer a unidade da Igreja, construir a Igreja, este templo, esta unidade da Igreja: este é o dever de cada cristão, de cada um de nós. Quando se deve construir um templo, um prédio procura-se uma área edificável, preparada para isso. A primeira coisa que se faz é procurar a pedra base, a pedra angular diz a Bíblia, E a pedra angular da unidade da Igreja ou melhor a pedra angular da Igreja é Jesus…”

Santo do Dia: Santo Antônio Maria Claret?



Quem foi Santo Antônio Maria Claret? Antônio Claret nasceu em 1807 em Sallent (Província de Barcelona – Espanha), ao ser batizado recebeu o nome de Antônio João, ao qual ele veio depois acrescentar o de Maria como sinal de sua especial devoção à Santíssima Virgem: “Nossa Senhora é minha Mãe, minha Madrinha, minha Mestra, meu tudo, depois de Cristo”.

Virtude: Antônio Maria ajudou o pai numa fábrica de tecidos até os 22 anos, quando entrou para o seminário de vida, pois almejava um sacerdócio santo e como padre desejou consagrar-se nas difíceis missões da Espanha. Ao ver a pobreza dos missionários e as portas se abrindo, Antônio Maria, com amigos, tratou de fundar a “Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria”, conhecidos como Claretianos.

O Carisma era evangelizar todos os setores, por meio da caridade de Cristo que constrangia, por isso dizia: “Não posso resistir aos impulsos interiores que me chamam para salvar almas. Tenho sede de derramar o meu sangue por Cristo!” Mal tinha fundado a Congregação, o Espírito o nomeou para Arcebispo de Santiago de Cuba, onde fez de tudo, até arriscar a própria vida, para defender os oprimidos da ilha e converter a todos, conta-se que ao chegar às terras cubanas foi logo visitar e consagrar o apostolado à Nossa Senhora do Cobre.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Não se pode ser cristão sem a graça do Espírito Santo, disse o Papa



“Não se pode ser cristão sem a graça do Espírito”, esta foi a mensagem principal do Papa Francisco na missa de quinta-feira, 23 de outubro na Capela da Casa Santa Marta, no Vaticano.

O Papa dedicou a sua homilia à passagem da Carta aos Efésios, em que S. Paulo descreve a sua experiência de Jesus Cristo, uma experiência “que o levou a abandonar tudo”, porque “estava apaixonado por Cristo”. Trata-se de uma “ato de adoração”. Antes de tudo, dobra os joelhos diante do Pai, cujo “poder vai além daquilo que podemos pedir ou pensar”. Usa “uma linguagem sem limite”: adora este Deus “que é como um mar sem praias, sem limites, um mar imenso”. E S. Paulo pede ao Pai, por todos nós:

“Pede ao Pai que o Espírito venha e nos reforce, nos dê força. Não se pode andar em frente sem a força do Espírito. As nossas forças são fracas. Não se pode ser cristão sem a graça do Espírito. É justamente o Espírito que nos transforma o coração, que nos faz prosseguir na virtude para realizar os mandamentos.”
 

Santo do Dia: São João Capistrano



Quem foi São João Capistrano? João nasceu em Capistrano, na Itália.  em 1386, estudou leis e  tornou-se governador de Peruvia, Itália em 1412. Casado, obteve uma dispensa especial  e tornou-se monge franciscano em 1416 e um grande amigo e aluno de São Bernardino de Siena. Ele foi ordenado em 1420.

Virtude: Após uma carreira notável como franciscano João foi convidado a ser o legado papal na Palestina, Milão, Sicília, Áustria, Bavária, Polônia, Bohemia e Silésia  para combater os "hussites" (seguidores de Jan Hus).

João encarava esses homens e mulheres como hereges e com implacável hostilidade, e seus métodos eram tão obstinados que ele às vezes foi reprovado.
(Tão grande era a revolta dos protestantes a veemência de João, que mais tarde,  em 1526, os Calvinistas jogaram suas relíquias em um poço.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Parelhas celebra 50 anos do falecimento do Monsenhor Amâncio Ramalho


Foto da Exposição com objetos do Monsenhor na Matriz

Hoje, dia 22 de outubro de 2014, celebra-se os 50 anos do falecimento de um grande pastor, o Monsenhor Amâncio Ramalho, que foi pároco de Parelhas/RN.

A Paróquia de São Sebastião da cidade na cidade de Parelhas, convida você e toda sua família para participar da Santa Missa em sufrágio da alma do Monsenhor Amâncio Ramalho,
Que será celebrada nesta quinta feira (23) às 19h na Igreja Matriz de São Sebastião em Parelhas. Na ocasião celebraremos os 50 anos de seu encontro com o Pai Eterno.

O Corpo do Monsenhor Amâncio está sepultado na lateral interna da Igreja Matriz de São Sebastião, onde foi preparada uma exposição com objetos que pertenceram ao sacerdote.

Conheça um pouco da história do Monsenhor Amâncio Ramalho Cavalcanti por meio desse artigo do pesquisador da nossa História Sebastião Arnóbio de Morais:

A Igreja Corpo de Cristo, foi esse o tema da Audiência Geral do Papa nesta quarta feira



Nesta Quarta-feira, 22 de outubro, na audiência geral na Praça de São Pedro o tema da catequese do Papa Francisco foi: A Igreja Corpo de Cristo.


 
“... quando se quer evidenciar como os elementos que compõem uma realidade estejam estreitamente unidos um ao outro e formem juntos uma só coisa, usa-se, muitas vezes, a imagem do corpo. A partir do Apóstolo Paulo, esta expressão foi aplicada à Igreja e foi reconhecida como o seu traço distintivo mais profundo e mais belo. Hoje, então, podemos perguntar: em que sentido a Igreja forma um corpo? E porque é que é definida “corpo de Cristo”?”
 
A Igreja Corpo de Cristo é uma imagem profunda que indica o vínculo real que nos une a Cristo após o Batismo. Isso mesmo nos mostra a visão do profeta Ezequiel, que diante de ossos ressequidos espalhados pelo chão, recebe de Deus a ordem de invocar sobre estes o Espírito do Senhor, para que eles formem um corpo cheio de vida.

Matriz de São José em Caicó será reinaugurada hoje




A Igreja Matriz de São José na cidade de Caicó, após 1 ano e meio de reforma está reabrindo suas portas. A Celebração acontecerá hoje (22) às 19h com Missa Solene, presidida pelo Bispo Diocesano Dom Antônio Carlos Cruz, com a dedicação da Igreja. Vários padres da diocese confirmaram presença.

Essa Igreja de São José, é a antiga capela do Colégio e do Seminário Diocesano, por onde vários padres passaram um bom período de formação, foi construída por Dom José de Medeiros Delgado, 1º Bispo da Diocese de Caicó, eis o motivo de nessa matriz, em seu presbitério, está os seus restos mortais.

Santo do Dia: São João Paulo II



Quem foi São João Paulo II? Hoje celebramos a pela primeira vez a Festa de São João Paulo II como Santo. João Paulo II, nome escolhido pelo mesmo quando foi eleito Papa, nasceu em maio de 1920 na Wadowice na Cracóvia, seu nome de batismo era Karol Józef Wojtyla,. Fez a primeira comunhão com nove anos, no mesmo ano de falecimento de sua mãe. É o segundo filho de três irmãos. Seu pai era oficial do exército. Aos dezoito anos entrou para Universidade e para uma Escola de Teatro.

Virtude: Trabalhou em uma fábrica de produtos químicos (solvente) para ganhar a vida e evitar sua deportação para a Alemanha. Em 1942, sentiu-se chamado a vocação sacerdotal na qual foi ordenado em 11 de novembro de 1946, enquanto dedicava-se também ao teatro. Doutor em teologia, foi pároco em diversas igrejas da Polônia, professor do Seminário Maior da Cracóvia e da Faculdade de Teologia de Lublin. Ordenado Bispo Auxiliar da Cracóvia em 1958, pelo papa Pio XII, que 6 anos depois o ordenaria Arcebispo e em 1967, Cardeal, o conhecido João Paulo II foi eleito ao trono de São Pedro em 16 de outubro de 1978 e empossado no dia 22. É o 264º papa da história, o Pontificado mais longo do século XX e que passou de um século e de um milênio para o outro.

Morte: O Papa João Paulo II morreu no dia 02 de abril de 2005, aos 84 anos no Vaticano. Numerosa multidão em vigília na Praça de São Pedro gritava que o mesmo deveria se tornar santo imediatamente.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Santo do Dia: Santa Úrsula


Quem foi Santa Úrsula? Úrsula nasceu no ano 362, filha dos reis da Cornúbia, na Inglaterra. A fama de sua beleza se espalhou e ela passou a ser desejada por vários pretendentes (embora Úrsula tenha feito um voto secreto de consagração total a Deus). Seu pai acabou aceitando a proposta de casamento feita pelo duque Conanus, um general de exército pagão, seu aliado.


Virtude: Educada na fé cristã,  Úrsula ficou muito triste ao saber que seu pretendente era pagão. Quis recusar a proposta mas, conforme costume da época, deveria acatar a decisão de seu pai. Pediu, então, um período de três anos para se preparar. Ela esperava converter o general Conanus durante esse tempo, ou então, encontrar um meio de evitar o casamento. Mas não conseguiu nem uma coisa, nem outra.

Conforme o combinado, ela partiu para as núpcias, viajando de navio, acompanhada de onze jovens, virgens como ela, que iriam se casar com onze soldados do duque Conanus. Há lendas e tradições que falam em onze mil virgens, ao invés de onze apenas. Mas outros escritos da época e pesquisas arqueológicas revelaram que foram mesmo onze meninas.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

CATÓLICOS: NEM DE VEZ EM QUANDO E NEM DE QUALQUER JEITO!

Gostaria de propor a leitura de um texto escrito pelo Pe. Rômulo Azevedo intitulado: CATÓLICOS: NEM DE VEZ EM QUANDO E NEM DE QUALQUER JEITO! 

Pe. Rômulo é pároco em Santana do Seridó, na Diocese de Caicó, interior do Rio Grande do Norte, que a partir de fevereiro assumirá o pastoreio da Paróquia de São Sebastião na cidade de Parelhas.
Uma boa leitura!

CATÓLICOS: NEM DE VEZ EM QUANDO E NEM DE QUALQUER JEITO! 

Por Pe. Rômulo Azevedo

Uma coisa interessante! Uma boa parte do Povo de Deus hoje, podemos dizer, a Igreja que conhecemos e somos, é parte de nossa época. Não entendo como é  que pessoas vivem com saudade de coisas que não viveram. Explico-me! Como é que uma criança que já viveu a época da TV à cores – e nunca viu uma em preto e branco – pode ter saudades daquela que não conheceu ou conhece? Como é que alguém pode ter  saudades de um tempo que não viveu? Como é – em se falando de vida eclesial – que alguém pode ter saudades do tempo da Igreja Tridentina (com todo respeito e amor a esta) sem ter conhecido ou vivido nesta época? São coisas que realmente não dá para entender. A Igreja passou por tantos momentos bonitos e significativos nestes últimos séculos, momentos até dolorosos de libertação e crescimento. Tanto se lutou para nos tornarmos mais humanos, simples, pobres, mais próximos do Povo de Deus, mais fraternos e, até mais santos.

Paróquia de Parelhas celebra 1ª Festa de São João Paulo II


Missa de Abertura da Festa de S. J. Paulo II no local da futura capela

A Paróquia de São Sebastião na cidade de Parelhas, está celebrando a Festa de um dos mais novos santos da Igreja Católica, São João Paulo II, padroeiro dos Bairros José Clóvis e IPE. A Festa teve início ontem (19) com uma procissão saindo do Santuário de Nossa Senhora de Fátima com destino ao cruzeiro, que está no local da futura capela de São João Paulo II.

O Tríduo se prolongará até o dia 22 de outubro, quarta feria, dia do Santo, quando sairá uma procissão do Portal, na saída para Santana do Seridó com destino ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, onde será celebrada a Missa Solene.